sexta-feira, 24 de maio de 2019

Um bate-papo sobre cinema pra lá de proveitoso!




O Ciclo "Para Sempre Cinema", realizado na noite de 23/05, foi de extrema importância, com a presença de Maria Francisca Romão, da Santos Film Commission, que nos garantiu apoio a nossa pesquisa e coleta de dados para o Mapa Cine Afetivo, esteve presente também o cineasta Rodiney Assunção, que contribuiu com a conversa com trocas sobre o afetivo no cinema santista.
Tivemos também a apresentação do Mapa Cine Afetivo com o pessoal do LabCine - Unisanta, a apresentação foi dividida em 4 partes. A apresentação geral do mapa ficou por conta do cineasta e jornalista Eduardo Ricci (Professo coordenador do LabCine), e também das alunas de jornalismo, Mariani e Naihara, responsáveis pela assecom e relações institucionais do Projeto. Já as alunas de arquitetura e urbanismo, Verônica, Letícia e Isabella, apresentaram a parte de pesquisa sobre o afeto cinematográfico no centro histórico de Santos. O designer e produtor multimídia Rafael Oliveira, (ex- aluno de produção multimídia), apresentou os novos layouts e explicou a dinâmica de estudos e pesquisas para chegar no resultado atual de desenho do Mapa Cine Afetivo de Santos. O encontro serviu para criar um dialogo entre os pesquisadores do LabCine e os realizadores de cinema e ações culturais desenvolvidas em Santos. Em breve novas ações serão realizadas para aproximar pessoas interessadas no bem comum e na expansão cinematográfica da cidade.



Além disso, tivemos também a exibição do filme "Sonhos" de Akira Kurosawa, e "A Noite Americana" de François Truffaut, tudo isso acompanhado de café e comidinhas criativas.

sábado, 18 de maio de 2019

Cinema com café nesta quinta

O ciclo “Para Sempre Cinema” exibe o filme “A Noite Americana”, de François Truffaut e dá sequência à união do amor ao cinema com a gastronomia, dia 23 de maio. Será realizada uma pré-sessão às 17h, com debate sobre afeto e políticas culturais para o cinema santista, com degustação de café feito em diferentes técnicas e harmonizados com sabores que dialogam com o filme a ser exibido logo após o bate-papo.  Esta sessão em formato expandido faz parte das comemorações dos 20 anos do Cineclube.




quinta-feira, 9 de maio de 2019

Cinema que ama o cinema...


Cineclube debate afeto e 
políticas culturais em sessão especial

O ciclo “Para Sempre Cinema” exibe o filme “A Noite Americana”, de François Truffaut e dá sequência à união do amor ao cinema com a gastronomia, dia 23 de maio. Será realizada uma pré-sessão às 17h, com debate sobre afeto e políticas culturais para o cinema santista, com degustação de café feito em diferentes técnicas e harmonizados com sabores que dialogam com o filme a ser exibido logo após o bate-papo.  Esta sessão em formato expandido faz parte das comemorações dos 20 anos do Cineclube.

Cena da cena, no filme "A Noite Americana", de François Truffaut

O Cineclube Lanterna Mágica - Unisanta realiza o Ciclo “Para Sempre Cinema”, que une três paixões: o café, comidinhas criativas e o cinema, todos harmonizados com os filmes exibidos na programação. Em cartaz estará "A Noite Americana" de François Truffaut , dia 23/05, pré sessão com início às 17h e exibição do filme às 19h, na Sala Maurice Legeard de Cinema (Bloco E, 5° andar – Unisanta). As sessões ocorrerão sempre em quintas intercaladas até novembro, com entrada franca.

O cinema além do glamour, no filme "Crepúsculo dos Deuses", de Billy Wilder

Degustação de café e bate-papo sobre afeto e cinema em Santos
Em conjunto as degustações será realizado um meetup com café e bate-papo sobre "Mapeamento afetivo e política cultural para o cinema santista". Onde acontecerá a troca de impressões sobre o afeto ao cinema realizado e propagado em Santos, e serão coletado dados para o aprimoramento do Mapa Cine Afetivo de Santos, outro projeto interdisciplinar co-realizado pelo Cineclube e LabCine, em parceria com a produtora Ricci Filmes.

O espectador que preferir vir para degustar café e já assistir ao filme da noite basta chegar a partir das 18h30, e ficar no Lounge “Café Lanterna”, também com degustações de café, feito em diferentes técnicas e harmonizados com sabores que dialogam com o filme exibido logo após. Para degustar o combo especial “Café Lanterna” é necessário fazer a reserva do combo com antecedência, pelo site https://www.sympla.com.br/ciclo-para-sempre-cinema__517847, deposito bancário ou no local, o valor do combo é de R$12,50. Mais informações pelo e-mail cinelanternamagica@gmail.com ou celular 13 98230-4599.

“A proposta é criar interações sensoriais do espectador com a linguagem e a estética das obras exibidas, usando como base o conceito de “Vazio” no cinema, mais conhecido em outras áreas de criação, como respiro visual ou na cultura japonesa como o ideograma “Ma”, explica Eduardo Ricci, cineasta e professor pesquisador responsável pelas ações do Cineclube e do LabCine.

O espectador poderá imergir no filme antes de assisti-lo pela primeira vez ou revê-lo de uma forma mais expandida. Esta é uma atividade realizada a partir de estudos sobre o afeto no cinema, desenvolvidos por professores e alunos integrantes do LabCine – Unisanta.


A Noite Americana
O filme “A Noite Americana”, vencedor do Oscar 1974 de melhor filme estrangeiro, relata as filmagens do longa "Je vous présente Pamela", que conta a história de uma jovem inglesa que troca o marido francês pelo sogro. Ferrand (François Truffaut) é o diretor, Alphonse (Jean-Pierre Léaud) o inseguro galã, Séverine (Valentina Cortese) a diva perto da aposentadoria e Julie (Jacqueline Bisset) a protagonista, Pamela, sempre à beira de um ataque de nervos. Parece um hospício, mas são os bastidores de um set de filmagem.



Próximas exibições
Serão exibidos também os filmes: (06/06) “Comer, Beber, Viver”, de Ang Lee (Taiwan, EUA, 1995) e (27/06) “Visages, Villages”, de Agnès Varda e JR (França, 2016).

Em julho haverá um intervalo no ciclo, devido a realização da 11ª edição do Cineme-se – Festival da Experiência do Cinema. A programação do segundo semestre será divulgada no final de julho.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Ciclo Para Sempre Cinema


Cineclube estreia ciclo sobre amor ao cinema e à gastronomia

Para dar continuidade às celebrações de seus 20 anos de atividades e luta por um cinema cultural mais diverso e independente, o Cineclube Lanterna Mágica, da Unisanta, realizará a partir de 25 de abril, o Ciclo “Para Sempre Cinema”, 19h, na Sala Maurice Legeard de Cinema. As sessões ocorrerão sempre em quintas intercaladas até novembro, com entrada franca. Será realizada uma pré-sessão com degustações de café, feitos em diferentes técnicas e harmonizados com sabores que dialogam com o filme exibido logo após. Para degustar o combo “Café Cine Degusta” é necessário fazer reserva pelo e-mail cinelanternamagica@gmail.com ou pelo celular 13 98230-4599. O valor do combo é de R$12,00. “A proposta é criar interações sensoriais do espectador com a linguagem e a estética das obras exibidas, usando como base o conceito de “Vazio” no cinema, mais conhecido como respiro visual ou na cultura japonesa como o ideograma “Ma”. O espectador poderá imergir no filme antes de assisti-lo pela primeira vez ou revê-lo de uma forma mais expandida. Esta é uma atividade realizada a partir de estudos sobre o afeto no cinema, desenvolvidos por professores e alunos integrantes do LabCine – Unisanta. É também uma base central para trabalharmos a construção do Mapa Cine Afetivo de Santos, outro projeto interdisciplinar que desenvolvemos no Cineclube, em parceria com a produtora Ricci Filmes”, afirma Eduardo Ricci, cineasta e professor pesquisador responsável pelas ações do Cineclube e do LabCine.

 

Na estreia do Ciclo (25/04) será exibido o filme “A Forma da Água”, de Guillermo del Toro, vencedor do Oscar 2018, de melhor filme. Conta uma história que se passa na década de 60, em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer). Serão exibidos também os filmes: (23/05) A Noite Americana”, de François Truffaut (França, Itália, 1973), (06/06) “Comer, Beber, Viver”, de Ang Lee (Taiwan, EUA, 1995) e (27/06) “Visages, Villages”, de Agnès Varda e JR (França, 2016). Em julho haverá um intervalo no ciclo, devido a realização da 11ª edição do Cineme-se – Festival da Experiência do Cinema. A programação do segundo semestre será divulgada no final de julho. Mais detalhes da programação no site: www.unisanta.br/cineclube.


Celebrações 20 anos de Cineclube Lanterna Mágica - Unisanta
Para ir além da tela desde 1999, o Cineclube realiza muito mais do que a simples exibição de filmes e debates sobre eles, fomenta a cultura do setor com atividades de pesquisas e práticas com vivências e análises das narrativas imersivas no cinema expandido, na gamificação, em realidade virtual e aumentada, sempre envolvendo alunos, professores e a comunidade de interessados em cinema. O projeto mais recente é o Mapa Cine Afetivo de Santos, iniciativa do pesquisador, cineasta e fundador do Cineclube, Eduardo Ricci. O mapeamento tem o objetivo de dar visibilidade ao cinema e suas histórias vividas e criadas na cidade de Santos, lançamento previsto para setembro deste ano.

Durante o ano inteiro acontecerão outras ações para celebrar as duas décadas de Lanterna Mágica. Em julho será a vez do 11° Cineme-se – Festival da Experiência do Cinema celebrar os 20 anos de criações do Cineclube, com uma programação especial sobre a mágica do movimento ilusório no cinema. O Festival acontecerá entre os dias 18 e 21 de julho, em Santos e São Paulo. Já em agosto começará o curso livre “Cinema Imersivo com Projeção Mapeada”, uma iniciativa da produtora Ricci Filmes para criar conteúdos usando a cidade como tela e cenário em tempo real, mais informações sobre o curso serão publicadas em breve na página da produtora, no Facebook (www.facebook.com/25riccifilmes).


Sobre o estudo do “Ma” (vazio em japonês) no cinema
O uso do “Ma” (vazio/espaço) aparece fortemente no cinema em filmes dos diretores Yasujiro Ozu, Takeshi Kitano e Hayao Miyazaki, com ênfase na montagem construtiva de algumas das suas obras. O “MA” é uma noção que não faz parte da lógica linear ocidental, mas daquela coordenada por relações - ele não se apresenta como conceito, porém, como um modus operandi vivo no cotidiano dos japoneses. Presente nas manifestações culturais japonesas, o “MA” possui múltiplas semânticas - uma delas é a do espaço de possibilidade e disponibilidade e outra é a de espaços intervalares, que desconstrói o pensamento dual e aposta na possibilidade de um espaço intermediário que pode ser concomitantemente as duas coisas. O LabCine desenvolve pesquisa sobre narrativas imersivas e usa como base esse modos operandi de trabalhar o espaço-tempo na imagem cinematográfica. Durante todo o ciclo análises serão realizadas a partir da harmonização do café com sabores surpresas e os filmes exibidos.



quinta-feira, 21 de março de 2019

Cineclube Lanterna Mágica celebra 20 anos


Duas décadas de muita resistência cultural a partir do cinema, com trocas imersivas além da tela, sobre a experiência de pensar, ver e fazer filmes. Ações que marcam a história do Cineclube Lanterna Mágica, da Unisanta, que chega aos 20 anos de criação no próximo dia 24 de março. Para celebrar e seguir na luta por uma expansão da consciência mais justa e humana, o Cineclube oferecerá uma programação saborosa e imersiva sobre as mais diversas formas de degustar a sétima arte.

As celebrações começam com a realização do Escape Room – Lanterna Mágica, que acontecerá na semana de aniversário do Cineclube, nos dias 27 e 28 de março, às 20h, na Sala Maurice Legeard de Cinema (bloco E, 5º andar, na Universidade Santa Cecília, Rua Cesário Mota, 8, Santos/SP). A entrada é gratuita, mas é necessário fazer reserva pelo e-mail: cinelanternamagica@gmail.com e chegar 15 minutos antes para retirada do ingresso, sujeito a lotação. Serão duas noites de muitas surpresas e enigmas para decifrar o amor ao cinema, com participação especial da cantora Alice Mesquita, na primeira noite. Esta é uma produção do LabCine – Unisanta, em parceria com a produtora Ricci Filmes.


Para ir além da tela, desde 1999 o Cineclube realiza muito mais do que a simples exibição de filmes e debates sobre eles, fomenta a cultura do setor com atividades de pesquisas e práticas e com vivências e análises das narrativas imersivas no cinema expandido, na gamificação, em realidade virtual e aumentada, sempre envolvendo alunos, professores e a comunidade de interessados em cinema. O projeto mais recente é o Mapa Cine Afetivo de Santos, iniciativa do pesquisador, cineasta e fundador do Cineclube, Eduardo Ricci. O mapeamento tem o objetivo de dar visibilidade ao cinema e suas histórias vividas e criadas na cidade de Santos, lançamento previsto para setembro deste ano.


Durante o ano inteiro, acontecerão outras ações para celebrar as duas décadas de Lanterna Mágica. Começará em abril o Ciclo “Para Sempre Cinema”, a ser realizado em quintas intercaladas, às 19h, até novembro. O Ciclo abordará a forma e o conteúdo de filmes que têm o cinema como parte do tema central de suas narrativas, antes da sessão haverá degustação de alimentos que dialoguem com o filme exibido na noite. O espectador participará de uma sessão imersiva com gastronomia, filmes e com diálogos sobre a experiência vivenciada, logo após a exibição.  A lista dos filmes será divulgada no início de abril. Em maio, começará o curso livre “Cinema Imersivo com Projeção Mapeada”, uma iniciativa da produtora Ricci Filmes para criar conteúdos usando a cidade como tela e cenário em tempo real. Mais informações sobre o curso serão publicadas em breve na página da produtora, no Facebook (www.facebook.com/25riccifilmes). Já em julho, será a vez do 11°. Cineme-se – Festival da Experiência do Cinema que celebrará os 20 anos de criações do Cineclube, com uma programação especial sobre a mágica do movimento ilusório no cinema. O Festival acontecerá entre os dias 18 e 21 de julho, em Santos e São Paulo.



Um novo escape room vai encerrar o ano de celebrações, com um projeto baseado nas pesquisas e ações sobre a criação do Mapa Cine Afetivo de Santos. Haverá atividades em realidade virtual, performance com sistema de leitores de movimento, projeções mapeadas e gastronomia de boteco e molecular. Estas são ações integrantes das investigações do grupo de pesquisadores do LabCine – Unisanta. Toda a programação é gratuita, com exceção do curso livre de cinema imersivo.

Mais informações pelo e-mail: cinelanternamagica@gmail.com, pelo telefone: 13 98230-4599, site: www.unisanta.br/cineclube e nas redes sociais: www.facebook.com/cineclube.lanternamagica ou www.instagram.com/cineclubelanternamagica.




>> Programação > 20 Anos de Lanterna Mágica > 1999 >> 2019:

- Escape Room – Lanterna Mágica > 27 e 28/03 – 20h - Cineclube

- Exposição Cineclube Lanterna Mágica – Ano 20 > abril/2019

- Curso Livre - Cinema Imersivo e Projeção Mapeada > maio a julho/2019

- Ciclo para Sempre Cinema > abril a novembro/2019

- 11°. Cineme-se – Festival da Experiência do Cinema > 18 a 21/07

- Lançamento do Mapa Cine Afetivo de Santos > 19/09

- Escape Room – Lanterna Mágica II > novembro/2019

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Estágio Cine Imersivo


Cineclube Lanterna Mágica - Unisanta abre vagas para co-criadores em cinema imersivo. 
Mais informações no convite... #cineclubeano20

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Cinema além da tela...

Cinema, jogos digitais e de tabuleiros integram ações entre o Cineclube/LabCine e o Colégio Santa Cecília

Formas inovadoras de aprendizado com o uso das narrativas imersivas do cinema, dos jogos digitais e de tabuleiro foram propostas durante encontro entre o coordenador do Cineclube Lanterna Mágica e pesquisador do LabCine – Unisanta, Eduardo Ricci, e os docentes do Colégio Santa Cecília, na última quarta-feira (23).

A reunião teve como objetivo debater ações multidisciplinares e integradas de educomunicação para os alunos do Ensino Médio e ampliar as ações cine culturais de pesquisa e produção audiovisual do Cineclube Lanterna Mágica e LabCine – Unisanta.


Entre as ações de difusão cine cultural propostas estão palestras sobre inovações em Cinema e Games na Educação; sessões imersivas, ciclos e mostras de cinema, com a participação de educadores, educandos, pais e interessados e gamificação com jogos digitais e de tabuleiro, por meio de sessões especiais de estudos abertos; ações integradas de ensino,  aprendizagem e multidisciplinares como o Mapa Cine Afetivo de Santos e Cana LabCine – Unisanta; consultoria sobre o uso e aplicações do cinema, realidade virtual e gamificação na sala de aula, além  de sugestões de uso de jogos digitais e de tabuleiro para expandir o ensino além da sala de aula.


“A gamificação com o cinema é atualmente um caminho transformador à cognição e à motivação do educando, no ambiente escolar e acadêmico. Todas essas ações estarão interligadas ao desenvolvimento do Mapa Cine Afetivo de Santos, que consiste numa ação da produtora Ricci Filmes em parceria com o LabCine – Unisanta, para entregar à população de Santos um mapa de referência e registro histórico sobre o universo cinematográfico que habita a cidade”, explicou Ricci.