segunda-feira, 17 de setembro de 2018

A Tração do Olhar em Fincher

David Fincher
Fincher possui um grande controle na direção em que o olhar do espectador caminha, consegue leva-lo para seu ponto de interesse de forma leve e sútil, apenas com o movimento de câmera.

Com maestria, o cineasta leva a câmera a acompanhar a velocidade e a direção que o personagem está se movendo. Se o ator para, a câmera também para. Acontecendo de forma tão precisa que gera uma grande imersão ao olhar de quem assiste, parecendo que o próprio espectador está acompanhando o movimento do personagem pessoalmente.

Isto mostra o grande cuidado que Fincher tem ao construir um filme e sua cinematografia, atingindo todos os aspectos que compõe suas obras. Pensando em detalhes sutis e cirúrgicos, como estes precisos movimentos de câmera que capturam os olhos de quem assiste.


Abaixo um vídeo do usuário do Youtube Nerdwriter1, que aborda ainda mais aspectos sobre o assunto.




Vidas em Jogo (1999)
Nesta quinta-feira - 20/09 às 15h, o Cineclube Lanterna Mágica - Unisanta exibirá o filme "Vidas em Jogo" de David Fincher, com live no facebook após a exibição. Fazendo parte do Ciclo Cinematografia À Fincher, que acontecerá todas as quintas até 25/10 sempre 15h, que está realizando, com o objetivo de analisar os aspectos que compõe esta cinematografia. Entrada Franca.



Abaixo trailer e sinopse do filme.

Nicholas Van Orton é um banqueiro bem-sucedido que se mantém discreto. Quando seu irmão distante Conrad retorna para seu aniversário, traz para Nicholas um presente estranho: uma participação em um jogo da vida real. Inicialmente inofensivo, o jogo fica cada vez mais pessoal e Nicholas começa a temer por sua vida quando ele escapa de agentes organizadores do jogo misterioso. Sem ninguém em quem confiar, o banqueiro tem que encontrar respostas por si mesmo.






sexta-feira, 14 de setembro de 2018

A Construção da Cinematografia

George Méliès - Viagem à Lua

A Composição de um filme nos primórdios do cinema possuía uma estrutura bem diferente, absorvendo muito das características do teatro, desde a encenação exagerada dos atores, até a construção de cenário. Com a câmera sempre parada em uma única posição, mostrando personagens entrando e saindo da cena.

Stanley Kubrick - O Iluminado - "Primeiríssimo Plano"

Com o passar dos anos o cinema e a cinematografia desenvolveram-se. A partir daí, o desenvolvimento de diversas linguagens de composição de imagem apareceram. Conceitos e uso de diferentes planos e enquadramentos para criar uma narrativa visual, e transmitir uma ideia ou emoção, passaram a ser pensados e aplicados.
Junto a este avanço, possibilitou-se o movimento de câmera, trazendo assim dinâmicas inovadoras para o aperfeiçoamento da cinematografia, agindo expressivamente em conjunto das outras técnicas de composição visual.

James Cameron - Avatar - "Grande uso de tecnologia na composição"

O avanço das tecnologias também geraram grandes contribuições para enriquecer a construção visual de um filme, e alimentar ainda mais os olhos de quem o degusta. Continuando assim, a cinematografia sempre em desenvolvimento.



quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Uma quinta para degustar cinema e pecados... :-)


Com o objetivo de investigar os principais aspectos da cinematografia do cineasta David Fincher e ir além da tela, o LabCine realiza o Ciclo “Cinematografia à Fincher”, com exibição de sete filmes do cineasta e live via facebook logo após as exibições. O ciclo acontecerá de 13 de setembro a 25 de outubro, às 15h e sempre quinta-feira, na Sala Maurice Legeard de Cinema. Confira a programação com a sequência de filmes exibidos: 13/09 - “Seven – Os Sete Crimes Capitais” (1995), 20/09 - “Vidas em Jogo” (1997), 27/09 - Clube da Luta (1999), 04/10 “Zodíaco” (2007), 11/10 – “Garota Exemplar” (2014), 18/10 - “Caçador de Mentes” (Série - Temporada 1 – Ep. 1 e 2) e 25/10 - “O Curioso Caso de Benjamin Button” (2008). Este último terá uma sessão imersiva no mesmo dia às 19h30. Haverá degustação de sabores surpresas sobre o filme exibido. Em todas as sessões a entrada é gratuita. Apoio cultural da Vídeo Paradiso e Ricci Filmes.



terça-feira, 11 de setembro de 2018

Um mergulho todas as quintas

CICLO CINEMATOGRAFIA À FINCHER


O Cineclube Lanterna Mágica, da Universidade Santa Cecília, iniciará nesta Quinta-feira - 13/09, um ciclo pela cinematografia de David Fincher, onde exibirá sete filmes do diretor com live via facebook logo após as exibições , com o objetivo de investigar os principais aspectos que compõe esta cinematografia. Começando pelo filme "Seven - Os Sete Crimes Capitais" (1995), degustará os sabores que este e outros filmes do cineasta proporcionam. O ciclo acontecerá de 13 de setembro à 25 de outubro, às 15h e sempre Quinta-feira, na Sala Maurice Legeard de Cinema.

>> PROGRAMAÇÃO - Quintas - 15h - Cineclube

> 13/09 - "Seven - Os Sete Crimes Capitais" (1995)
> 20/09 - "Vidas em Jogo" (1997)
> 27/09 - "Clube da Luta" (1999)
> 04/10 - "Zodíaco" (2007)
> 11/10 - "Garota Exemplar" (2014)
> 18/10 - "Mindhunter" (Série - Temp 1 - Ep 1 e 2)
> 25/10 - "O Curioso Caso de Benjamin Button" (2008)



Abaixo Sinopse e Trailer do filme "Seven - Os Sete Crimes Capitais"

Sinopse:

"Quando, a ponto de se aposentar, o detetive William Somerset aborda o último caso com a ajuda do recém-transferido David Mills, eles descobrem uma série de assassinatos. Logo percebem que estão lidando com um assassino que tem como alvo pessoas que ele acredita representar os sete pecados capitais. Somerset também faz amizade com a esposa de Mills, Tracy, que está grávida e com medo de ter a criança em uma cidade cheia de crimes."

Trailer:









terça-feira, 4 de setembro de 2018

O Invisível em Fincher

David Fincher
Fincher, um dos cineastas mais simbólico das últimas décadas. Dirigiu Seven, Clube da Luta, O Curioso Caso de Benjamin Button, entre outros grandes filmes. Além disto, foi supervisor de efeitos visuais em Retorno de Jedi, o que influenciou bastante, em questões técnicas, seus futuros filmes.

A paleta de cor, construção muito bem pensada de personagens, são umas das coisas que podem ser percebidas ao assistir um filme de Fincher. Porém, há algo constantemente presente em seus longas, e que provavelmente quase nunca é notado. O uso dos Efeitos Visuais, que ao invés de aplica-lo, como muitos fazem, para impressionar o olhar do espectador, David o usa como uma ferramenta para dar segmento à sua história, e imergir o espectador em sua obra.

Aplicação dos Efeitos Visuais em "Benjamin Button"
Faz uso cirúrgico e pontual destes efeitos, sabendo quando e onde aplicará, que vai desde o sangue de um ferimento, até a reconstrução facial de um personagem e modificação de cenários. Sendo praticamente invisível a utilização do CGI ao olhar de quem assiste.

O usuário do youtube, kaptainkristian, fez um vídeo que mostra com mais detalhes o uso sem abuso de CGI pelo Fincher. Vale a pena dar uma conferida para uma maior imersão neste assunto. 











segunda-feira, 27 de agosto de 2018

SESSÃO IMERSIVA "PERSONA" - 30/08


 


O Cineclube Lanterna Mágica, da Universidade Santa Cecília, faz uma celebração aos 100 anos de nascimento de Bergman, com o objetivo de revisitar a cinematografia e a arte do cineasta. Para fazer este “mergulho” na obra do cineasta, o Cineclube realizará uma sessão imersiva, com ações interativas sobre os temas depressão e identidade, a partir da exibição do filme “Persona” (SUE, 1966), de Ingmar Bergman. O encontro está marcado para o dia 30 de agosto, às 15h, na Sala Maurice Legeard de Cinema (Rua Cesário Mota, 8, Boqueirão, Santos/SP – Bloco E, 5º andar, Unisanta). Vagas limitadas, faixa etária a partir de 16 anos. É necessário chegar 15 minutos antes para retirada de ingressos gratuitos.



Após a exibição do filme, haverá um bate-papo transmitido ao vivo via Facebook, com degustações de sabores surpresas, comentários do cineasta Eduardo Ricci e trocas de impressões com convidados e os pesquisadores integrantes do LabCine Unisanta, junto ao público presente e on-line.
Filme em cartaz
“PERSONA”, de Ingmar Bergman (SUE, 1966)
Sinopse: Uma atriz teatral de sucesso sofre uma crise emocional e para de falar. Uma enfermeira é designada a cuidar dela em uma casa reclusa, perto da praia, onde as duas permanecem sozinhas. Para quebrar o silêncio, a enfermeira começa a falar incessantemente, narrando diversos episódios relevantes de sua vida, mas, quando descobre que a atriz usa seus depoimentos como fonte de análise, a cumplicidade entre as duas se transforma em embate.

Iniciativa
O LabCine é um grupo de produção e pesquisa em Ciências Sociais Aplicadas, na área de Cinema e Audiovisual, ligado ao Cineclube Lanterna Mágica, da Universidade Santa Cecília. É formado por professores, alunos e convidados que desenvolvem estudos e práticas sobre narrativas imersivas em Cinema Expandido e sua interação no espaço da Cidade Criativa, com geração de conteúdo para publicações acadêmicas e nas redes sociais sobre o tema central da pesquisa.